Falta de tempo

Será que temos tempo para fazer tudo aquilo que gostaríamos? Será que, por não ter tempo suficiente, estamos deixando de dar atenção para aquelas pessoas a quem amamos, ou não estamos mais nos dedicando a fazer algo que realmente amamos?

A falta de tempo, ou melhor, o mal uso do tempo, é o motivo mais comum pelo qual as pessoas sentem-se frustradas e decepcionadas com suas próprias vidas. Normalmente, quando queremos fazer alguma coisa e não conseguimos porque não temos tempo, o sentimento que toma conta de nós é de uma sensação de tristeza, desconforto e de angústia. A falta de tempo aperta o nosso peito e esmaga nosso coração, e sentimo-nos prisioneiros do relógio, que torna-se um adversário, e a falta de tempo transforma-se em um problema.

Mas, será que temos falta de tempo ou o nosso tempo é, na verdade, desperdiçado? Se lembrarmos que o dia têm 24 horas para todas as pessoas, então não poderemos ter tempo faltando, mas sim um mal uso do tempo. Então, podemos afirmar que todos nós temos a mesma quantidade de tempo disponível, e ninguém têm maior ou menor quantidade de tempo. Todos nós vivemos em um dia com 24 horas, em uma semana que têm 7 dias, e em um ano que têm 365 dias.

A questão é: o que estamos fazendo com o tempo que temos? Esta pergunta, quando respondida com sinceridade, pode revelar o uso que estamos fazendo de nosso tempo, e chegaremos à conclusão de que estamos gastando muito tempo com atividades e afazeres que consomem um precioso tempo, e que na realidade, estas atividades e afazeres não têm prioridade ou grande importância em nossas vidas.

Vamos dar alguns exemplos?

Quanto tempo você gasta, por exemplo, assistindo televisão? Não estou aqui dizendo que a televisão ou os programas de televisão representam a causa de que nós não temos tempo, mas, comece a pensar em quantas horas por dia ou por semana são gastas com novelas, programas sem importância e outros entretenimentos que, na maioria das vezes, não acrescentam nada de útil à sua vida; pelo contrário, estamos vendo cada vez mais programas que ensinam maldades, desonestidades, e mostram um lado nem sempre tão bom do ser humano. Poucos são os programas de televisão que são úteis para nossas famílias, e trazem ensinamentos importantes e úteis para as nossas vidas. Quando começamos a reparar no tempo que desperdiçamos em frente à TV, assistindo coisas tristes e sem qualquer sentido, podemos entender para onde está indo uma parte do nosso precioso tempo.

Para as pessoas que gastam muito tempo com transporte, seja para ir ao trabalho ou para frequentar a escola ou um curso qualquer, a distância entre estes locais e a sua residência pode ser outro motivo que leva você a perder uma grande parte do seu tempo. Passar uma, duas, três ou mais horas no trânsito ou nas estradas, para ir ao trabalho e voltar, irá levar embora várias horas importantes no decorrer de sua semana. E, se você somar a quantidade das horas gastas diariamente com a locomoção, verá que essas horas são, na realidade, um ou dois dias inteiros desperdiçados com transporte. Pense em quantas coisas importantes você poderia fazer, com todo esse tempo que foi jogado fora.

As filas, que enfrentamos em caixas de supermercado, bancos e outros lugares públicos e no comércio, também são responsáveis por grande parte da perda do nosso tempo. Nem sempre é possível fugir dessa situação, pois quando menos esperamos é que os imprevistos surgem, e os compromissos que temos de fazer não podem ser desprezados. Porém, com algumas pequenas mudanças de hábitos, podemos reduzir a perda do nosso tempo com filas e em outras situações onde temos que aguardar muito tempo para sermos atendidos ou para resolver um determinado problema.

No próximo artigo, vamos falar sobre algumas coisas que podemos fazer para tentar diminuir a perda de tempo, e fazer um melhor uso de nossas vidas.

Até lá.

Leave a Reply